As 14 Dicas Infalíveis para um Natal Saudável

Em contagem decrescente para o Natal, começam os receios do aumento de peso, da fuga ao plano alimentar, e na capacidade em resistir às tentações das sobremesas natalícias.

Neste ano especial, em que fomos surpreendidos por uma pandemia mundial a que nos levou a mudar comportamentos, a ser mais resilientes, a estar demasiado tempo separados de quem nos é querido, a quadra natalícia é, sem sombra de dúvidas, uma época de saudade, de partilha de momentos, de amor, de alegria e da necessidade de aproveitar ao máximo a companhia de todos.

Neste ano diferente, os fundamentalismos com a alimentação não são de longe uma prioridade.

Desta forma, o objetivo para esta altura do ano é garantir que disfrute dos momentos com os seus entes queridos sem que tenha, com isso, a ansiedade com a gestão de peso, e se possível que não haja grandes “estragos” na balança.

A quadra natalícia é habitualmente caracterizada por excessos alimentares e, neste sentido deixamos alguns conselhos e dicas práticas sobre como tornar esta quadra mais saudável:

  1. Limite os dias de festa aos dias de convívio: jantar de 24 e o almoço de 25.

  2. Na véspera de Natal, dia 24, mantenha um dia alimentar típico do seu padrão alimentar, até à consoada, não saltando refeições.

  3. Inicie a véspera de Natal e o dia de Natal com um pequeno-almoço saudável e equilibrado, deixando de parte os doces e outros alimentos menos saudáveis.

  4. Respeite as refeições intermédias e não vá com fome para as refeições principais.

  5. Inicie a consoada de 24 e o almoço de 25 com uma sopa de legumes, para promover maior saciedade sem fornecer um valor calórico elevado.

  6. Nas refeições natalícias, aproveite as iguarias gastronómicas da sua região! Seja o bacalhau, o peru ou polvo, opte por confeções simples (cozidos, assados em pouca gordura), acompanhado com um prato generoso das couves típicas desta época. Não tenha receio do hidrato de carbono, e se lhe apetecer acompanhe com a tradicional batata ( cozida ou assada).

  7. Mantenha-se bem hidratado ao longo destes dias, e antes de cada refeição beba sempre 1 copo de água.

  8. Modere o consumo de bebidas alcoólicas, pois estas também têm valor calórico. A título de curiosidade, um copo de 150ml de vinho tinto tem aproximadamente 100kcal, enquanto que a água tem 0kcal, sendo esta a bebida de eleição.

  9. Relativamente às sobremesas natalícias, se tiver essa disponibilidade pode confecionar versões alternativas às receitas originais. Alterações simples como: optar por leite magro para o arroz doce; reduzir 1/3 da quantidade de açúcar ou da fonte de gordura na receita tradicional; colocar no forno as rabanadas em vez de fritar; são algumas das pequenas mudanças que pode fazer para reduzir o seu valor calórico, sem nunca estragar a tradição.

  10. Se realmente for daquelas pessoas que não dispensa nenhuma das sobremesas, escolha realmente as suas favoritas e coloque uma pequena porção no seu prato para degustar.

  11. Embeleze a sua mesa com pratos bonitos de fruta (ex: árvore de natal feita de fruta; rodelas de abacaxi com sementes de romã e raspas de limão; maçã assada com canela).

  12. Termine as refeições com uma infusão digestiva (alecrim, hortelã-menta, camomila).

  13. Não deixe o exercício físico de parte. Aproveite para dar uma caminhada com a família na manhã de dia 25, e durante a consoada, aproveite para se levantar da mesa pontualmente.

  14. Para evitar que haja sobras e cair na tentação de repetir a ingestão, pode distribuir as mesmas pela família, ou até por pessoas carênciadas; pode congelar para comer mais tarde, noutro evento festivo; ou reaproveitar para novos pratos, como o famoso farrapo velho, pasteis de bacalhau, ou quiche de bacalhau ou perú.

MUITO IMPORTANTE
Não deixe a mesa posta do Natal até ao fim do ano com os doces de Natal. Retome a rotina alimentar no dia 26 de Dezembro. Este é o segredo principal para que haja uma boa gestão de peso.

 

Não faça destes dias, um fator de stress. Comece a planear a sua ceia de Natal, com calma. Integre a família (miúdos e graúdos) na preparação das várias receitas, sendo acima de tudo mais um momento de partilha e convívio.

Lembre-se sempre: o problema não está naquilo que se come entre o Natal e o Ano Novo, mas sim ao longo do ano. Por isso, uma alimentação saudável, equilibrada e consciente ao longo de todo o ano deve ser sempre a sua premissa.

Faça destes dias uma celebração bonita e feliz!

 

Na 2Yummy podes contar com um acompanhamento nutricional dedicado para te ajudar a atingir os teus objectivos de forma objectiva e saudável.

Marca já a tua consulta de nutrição online aqui.

 

 @susanabarros_nutri

 

Sale

Unavailable

Sold Out